quinta-feira, 22 de julho de 2010

Solar - Invocação aos anjos do sol




A linguagem dos sentidos fará estas sementes procurarem uns aos outros. Sentir-se-ão “em casa” quando envolvidos pela mesma harmonia, paz e serenidade. (Ashtar Sheran )

Invocação aos anjos do sol "KODOISH, KODOISH, KODOISH ADONAI
TSEBAYOTH"
Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus das Hostes.

http://www.youtube.com/watch?v=-SaZjWTY_rc

Os Portais do Grande Sol Espiritual Central (oculto) - Mente Universal (Brahman)
Sistema do Sistema solar,
O conselhos das Pleaides, Sirius.
nos iluminam para a
RE-União DE CONSCIÊNCIAS.

sábado, 17 de julho de 2010

A Justiça do taro - Palavras chaves





Pensando sobre a Carta A Justiça palavras chaves:

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a se desanimar da virtude, rir da honra e ter vergonha de ser honesto." Rui Barbosa
A Justiça Cósmica é a manifestação da Vontade e da Inteligência Divina em ação.

A Justiça está além do bem e do Mal?
A consciência é reveladora da Luz da Verdade.
A verdade mundana é relativa?

A Justiça é o poder equilibrante. A Justa medida. A lei é a auto-restrição que Deus exerce na interação com os seres humanos e com a criação.

“Gevurah-rigor representa a lei, é a auto-restrição que Deus exerce na interação com os seres humanos e com a criação. Hesed-amor , que é o cumprimento da lei, representa a realização dessa relação na nossa unificação com Deus”.

A lei da causa e do efeito, da ação e reação. A lei Divina, Universal é internalizada no microcosmo espelho do macrocosmo. O Grande tribunal está internalizado com a “Lei” no mundo interno individual e coletivo e se “materializa” no mundo externo.

A experiência da presença e do poder de Deus (Givor) muda de acordo com as mudanças do nosso estado de consciência. Se eu me aproximar de Deus eu me torno Deus. Se eu me aproximar da Justiça eu me torno Justa.

Tao – equílibrio dos opostos. Conflitos e mediador.
Equilíbrio, harmonia. Juízo. Livre arbítrio. Força conciliadora. A ausência de equilíbrio e de Justiça instala o caos.

O equilíbrio não é inércia, mas um estado de intensa atividade de força , centros e seres. É neste estado de equilíbrio que a flecha da evolução pode descobrir a oportunidade de lançar-se para o infinito. Paz e equilíbrio tem grande afinidade.

Têmis aquilo que é Correto, justo Universalmente falando. Leis da vida, leis da natureza, lei espiritual divina, leis dos homens - Juiz. Julgamento. Rigor da Lei. Paz, justiça divina, Dharma e o Carma.

Poder divino e o Poder da Terra. Ação Inércia – ajustamento-reparação. Como uma inteligência organizadora do Universo. A justiça opera fazendo a cada um recair o merecimento, compensação resultado da lei de ação e reação.

- dia da Justiça, dia do Juízo. A Ira de Deus. A face Luminosa e Escura de Deus, da vida, da Vontade Divina que está na Lei da Ordem.
O anjo da Morte, o “Vingador”.

“Equidade consiste na adaptação da regra existente à situação concreta, observando-se os critérios de justiça e igualdade. Pode-se dizer, então, que a eqüidade adapta a regra a um caso específico, a fim de deixá-la mais justa. Ela é uma forma de se aplicar o Direito, mas sendo o mais próximo possível do justo para as duas partes.

terça-feira, 13 de julho de 2010

A Justiça . Palavras chaves






Pensando sobre a Carta A Justiça palavras chaves:


O símbolo do infinito revela a verdade do Filho e do Espírito, nesta realidade acontece a unidade absoluta. O ponto de interseção do infinito é a única via pela qual se pode chegar ao Pai.

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a se desanimar da virtude, rir da honra e ter vergonha de ser honesto." Rui Barbosa
A Justiça Cósmica é a manifestação da Vontade e da Inteligência Divina em ação e reação.

“A Lâmina do oitavo Arcano representa um a mulher assentada numa poltrona amarela entre duas colunas, Nas mãos ela tem a espada e a balança amarelas. Em sua cabeça está uma tiara de três coroas.

Ela está sentada entre duas colunas: a da Vontade (Jakin) e a da providência (Boas).
-
A árvore da vida é constituída por três colunas: a da direita é designada como “coluna da Graça ou da Misericórdia”
- a coluna da esquerda tem o nome de “Coluna do Rigor”, há uma correspondência com a justiça, à defesa e à acusação, enquanto a coluna do meio corresponde a equidade.
- O sistema das dez Sepirot está baseado num equilíbrio móvel que se restabelece quando se produz uma dissemetria momentânea.

- “Gevurah-rigor representa a lei, é a auto-restrição que Deus exerce na interação com os seres humanos e com a criação. Hesed-amor , que é o cumprimento da lei, representa a realização dessa relação na nossa unificação com Deus”.

- guardiã do Equilíbrio entre o individual e o Universal.
- Tem o poder de restabelecê-lo cada vez que a vontade individual peça contra a vontade universal.
- Ela não age, somente reage.

- “A lei se interpõe entre a liberdade do homem e a liberdade de Deus”.
-A lei reage por efeitos visíveis e invisíveis à sua ação.
-A Lei se interpõe entre a liberdade do homem e a liberdade de Deus.

- Coroa indica que a sua missão vêm do alto – do Ser Supremo, da Providência.

- a balança indica equilíbrio entre o que está no alto e o que está em baixo estabelecido restabelecido pela balança, com no sentido horizontal, sendo o equilíbrio entre o lado direito e o lado esquerdo, o lado da Graça e o do Rigor, mantido pela balança ou com a ordem, ou a harmonia, e a Justiça
- a espada significa o poder de restabelecê-lo cada vez que a vontade individual peca contra a vontade universal.

oração ao anjo da iluminação




Divino Anjo da Iluminação.
dharma dhannyael
Que a vossa Divina Presença ilumine meu caminho, desperte minha inteligência superior e me dê a Divina inspiração e intuição que preciso neste momento.
Amem!

Que a Luz brilhe dentro e ao redor de mim.
Que minha aura seja iluminada,
Que eu possa iluminar a vida dos outros como um sol, e meu próprio caminho.

Que haja Luz para receber em meus olhos, para que eu possa ver com os olhos da alma, e assim saber escolher com sabedoria.
Assim Seja!

Que eu seja iluminada com a mente Clara da luz Maior na direção da sorte e das oportunidades.

Quero estar no lugar certo , na tempo da minha felicidade que a boa sorte oferece.
Agradeço ao Anjo da Divina Presença a Graça da Chave Sagrada que abre as portas do dharma.
Todos os meus caminhos estão abertos com a Luz Clara do amor de Deus.

Divinos Anjos, que eu possa compartilhar a energia de luz, pureza, amor, harmonia, prosperidade, e alegria todos os dias.

Que minhas palavras , meus pensamentos, minha mente e minhas obras sejam inspiradas pelo Espírito Santo.

Que minha colheita seja mais abundante e minha vida mais rica e próspera material e espiritual.

Que a Luz do coração de Maria me ilumine para que eu possa compartilhar com todos a Luz da Fonte que abençoa minha vida com as Graças de Deus.

Esta oração é um presente dos Anjos e oferece a você Chave Sagrada


da Redenção e da Liberação.
Perdoe a todos que te magoaram e a si mesmo.
Vamos na luz compartilhar e receber as graças de Deus .
Amem
Eu Sou Dharma DhannyaEL

domingo, 4 de julho de 2010

dançando na vida




O louco...



Um louco existe dentro de todos nós.

Dançarino livre, andarilho,

herói que sai pelo mundo em busca de experiências, amor,

de vitórias, de liberdade e alegrias.

Ele caminha no mundo e encontra alegrias e tristeza, perdas e ganhos.

E, é através deste salto que ele poderá chegar ao auto-conhecimento,

ele pertence ao mundo de magos, músicos, ciganos, artistas, mágicos...

Podemos encontrá-lo como um mágico (Merlin), Rei Momo,

Artista - como um Mago, Bobo da Corte, Mendigo, seresteiro,Poeta,

Humorista, Maestro, Mestre de Bateria, Cartunista..

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O Carro - palavras chaves






Resumo das palavras chaves do O Carro.
Dharma dhannyael
“O Senhor do triunfo e da Luz”.
Atividade, ação e reação. Movimento. Mobilidade que domina a inércia e a fixação. Livre arbítrio , escolhas bem sucedidas levam o carro na direção da Luz.

Liberdade é dharma conquistado da vitória. Individuação. Purificação. Iluminação. União. A inteligência unida a força do corpo que controla as emoções nos oferece a taça da vitória. Poder, força e a coragem ingredientes que dão asas a liberdade.
- - liberdade - numero 7 é conquista com o equilíbrio, força, tenacidade, perseverança, harmonia, maestria, empenho.
- poderes divinos o rei é coroado.
- freio o limite, contenção, habilidade social.
- coragem, força e percepção. Segurança, Inteligência superior. Progresso

O cetro e a coroa do condutor nos permitem reconhecê-lo como um mensageiro da Luz, da revelação e da expansão, que se unem para conduzir a totalidade.
Coroa – energia do Sol – consciência da Unidade. Contato com o Espírito que guia – o Sol.

A justiça guia o carro com a harmonia. Flexibilidade e determinação. Controle na direção. Comando. Domínio das emoções, humores, com vontade firme e direcionada para a meta a ser conquistada. Conquista do espaço, do comando. Direção.
"O ser viaja no carro do corpo, guiado pelo intelecto, e arrastado corre pelos potentes cavalos dos sentidos, cujo freio é a mente. Assim corre o veículo pelo caminho da Experiência...O Eterno, sempre oculto em todas as coisas, nunca se manifesta; porém percebe-o claramente o agudo intelecto dos capazes de escrupulosa observação" Upanishads

A Providência Divina guia-nos sempre por meio da Palavra Interna, que é a Voz de Deus em cada um de nós."Aquele que tem o domínio das seis qualidades mentais, a saber: o domínio de si em relação ao mental, o domínio de si na ação, a tolerância, o contentamento, a a perseverança e a confiança, fortaleceu a sua vontade por meio de exercícios e disciplina , pode ser senhor do seu coração, senhor da sua mente."

- os cavalos preto e branco demonstrando a possibilidade de que as oposições se equilibrem e trabalhem em conjunto, por um objetivo em comum.

Relaciona-se com Netzah – a Vitória, o mundo dos anjos, as crianças de Elohim.