sexta-feira, 21 de julho de 2017

O Ego e sua identidade



EGO, O FALSO CENTRO
 (Osho)
  
"O primeiro ponto a ser compreendido é o ego.

Uma criança nasce sem qualquer conhecimento, sem qualquer consciência de seu próprio eu. E quando uma criança nasce, a primeira coisa da qual ela se torna consciente não é ela mesma; a primeira coisa da qual ela se torna consciente é do outro. 


Isso é natural, porque os olhos se abrem para fora, as mãos tocam os outros, os ouvidos escutam os outros, a língua saboreia a comida e o nariz cheira o exterior. Todos esses sentidos abrem-se para fora. O nascimento é isso.

Nascimento significa vir a esse mundo: o mundo exterior. Assim, quando uma criança nasce, ela nasce nesse mundo. Ela abre os olhos e vê os outros. O outro significa o tu.

Ela primeiro se torna consciente da mãe. Então, pouco a pouco, ela se torna consciente de seu próprio corpo. Esse também é o 'outro', também pertence ao mundo. Ela está com fome e passa a sentir o corpo; quando sua necessidade é satisfeita, ela esquece o corpo. É dessa maneira que a criança cresce.

Primeiro ela se torna consciente do você, do tu, do outro, e então, pouco a pouco, contrastando com você, com tu, ela se torna consciente de si mesma.

Essa consciência é uma consciência refletida. Ela não está consciente de quem ela é. Ela está simplesmente consciente da mãe e do que ela pensa a seu respeito. Se a mãe sorri, se a mãe aprecia a criança, se diz 'você é bonita', se ela a abraça e a beija, a criança sente-se bem a respeito de si mesma. Assim, um ego começa a nascer.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Afirmação diária a Mente Universal de Deus




A harmonia da Vida está sempre conosco

Abandono o passado com facilidade e confio no processo da Vida. Fecho a porta, isolando velhas mágoas, e perdoo a todos, inclusive a mim mesmo.

 Visualizo um riacho diante de mim.

 Reúno todas as antigas experiências, dores e má¬goas, coloco-as na água e observo como começam a dissolver-se, descendo pela correnteza, até vê-las desaparecer completamente.

 Estou livre, e todos os de meu passado estão livres. Estou pronto para as novas aventuras que me esperam. As vidas vão e vêm, mas eu sou eterno. Estou vivo e animado, não importa meu campo de ação. O amor me envolve, agora e para sempre. E assim é.

Afirmações.
Por Dharma Dhannya
“Use-me, Macromente, use-me!”


Use-me , Divina Presença, use-me!


Aqui e agora, estou atraindo à minha atmosfera oportunidades afetivas, profissionais, sociais( amigos solidários) espaços  prósperos e amigos para  minha realidade, para minha alegria e realização.

Que Haja Luz e amor  para compartilhar para o bem de todos.
Eu tenho as asas da Liberdade e do Dharma.
Eu Sou a Fonte das Graças de Deus.
Eu Sou.

A  minha Alma é a luz que me guia,
a Divina Presença é a minha estrela que me guia.
Eu sou a fonte de Graças da Vida.
Amem!


1. Acredito em Deus como a Fonte infinita que me provê e que se manifesta como abundância e prosperidade em todos os níveis de vida.

2. A Divina Presença que habita dentro de mim me provê de uma ilimitada e sempre abundante reserva de bens materiais, espirituais, sociais.


Oração diária - Para abençoar o trabalho





  Aqui estão algumas sugestões:
Antes de ir para o trabalho, diariamente faça este exercício simples: sente-se confortavelmente, relaxe o corpo e concentre-se na sua respiração.

Sempre que surgirem pensamentos que perturbem a sua concentração, afaste-os e leve a sua consciência de volta à respiração.
fique em silencio em harmonia com tudo e com todos.

A harmonia no leva para o dharma coletivo,
 nos une com pessoas do Bem, com novas oportunidades e ascende a luz da nossa Estrela da Sorte.

A harmonia é a mãe da Paz e nos une com a luz da Divina Presença.
Quando perdemos a paz, perdemos a luz, e muitas vezes somos vencido por nossa vibração negativa.
Eu só tenho medo de mim mesma,
 Eu sou a porta que se abre para o Bem e para a luz ...

Sua mente é uma antena, um instrumento de ligação com egregoras de paz ou egregóras do inferno.

Arranque do seu coração a raiz do ódio, da mágoa, tristeza, solidão.
Cuide da semente do amor, da harmonia, do dharma, da prosperidade da alegria.
O  adversário da escuridao necessita do nosso ódio, inveja para se alimentar da nossa energia para nos dominar.
O ódio nos envolve com correntes nos unindo
 no carma do adversário, que assim, nos vence. Ficamos estagnados, presos no passado sem futuro. 
O ódio é uma prisão que nos aprisiona nos laços da raiva ao adversário.
Nos tornamos seu prisioneiro.

Reespire com a harmonia do universo, 
com a respiração do Uno, da Unidade.
Eu e o Pai somos um-a só consciência, uma só respiração.

Inunde seu coração de amor. envolva sua aura, seu corpo, com o amor do Espirito Santo ou Cristo ou Maria, ou do nossos mestres e guias.
Visualize a luz rosa amarelo dourado na sua aura, no seu trabalho.
Procure impregnar esta luz com a beleza do amor incondicional de Deus .

quarta-feira, 19 de julho de 2017

O segredo revelado - A lei universal da Gratidão




Afirmação - Agradecendo ao Universo.
Agrdeço a Deus, a vida ao Universo
Estou totalmente aberto e receptivo ao fluxo
abundante de prosperidade que o Universo
oferece.
Meu Deus!
Sou grata por tudo que tenho, que conquistei!
 As necessidades e os desejos que tenho
são todos atendidos antes mesmo que eu peça.
Estou Divinamente guiado e protegido efaço
escolhas benéficas para mim.
Sou feliz! eu mereço tudo que conquistei.
Sou grata a vida.
agradeço a todos que viveram ao meu lado
 ea todos que participaram e me ajudaram a vencer.
 Alegro-me com o
sucesso dos demais, sabendo que há suficiente
para todos nós. Estou constantemente expandindo
minha consciência de abundância, e isso se
reflete numa renda que aumenta constantemente.
O bem que chega a mim vem de toda parte e
de todos. Tudo está bem em meu mundo.


Tenho percebido que o Universo ama a gratidão.
 Assim, quanto mais agradecido você for, maiores serão os benefícios que obterá. Quando digo benefícios, não me refiro apenas a objetos materiais, mas também incluo, entre eles, todas as pessoas, lugares e experiências que tornam a vida tão maravilhosamente digna de ser vivida.

Oração ao anjo Samuel para o Amor



ESTE QUADRO É DE GRACE kELLY

ARTISTA PLÁSTICA  que  ilumina com
este Quadro com a beleza do Anjo Samuel
 o Anjo do Amor, e
das Graças para os relacionamentos - pode ser colocado na
área do amor, ou do espiritual do feng shui

Abençoada  Graça de Grace Kelli  sensitiva, inspirada 
pelos anjos  para abençoar o nosso lar.
Se quiser encomendar o seu quadro peça 
https://www.facebook.com/GraceKelliArts/
https://www.instagram.com/grace_kelli_alves/

Especialista em quadros de Feng shui
Apelos para o amor do ARCANJO SAMUEL
Dharmadhannya




              - APELOS (a serem recitados de pé, durante 21 dias)

Em nome de Deus Pai/Mãe, Deus filho Jesus Cristo e do  Espírito Santo, eu invoco agora a
Bem-Amada Presença Divina EU SOU em mim e em toda a humanidade.
Invoco o Bem-Amado Paulo, o Veneziano, Bem-Amada Rowena, Arcanjo Samuel e Charity, Elohim Órion e Angélica, Maha Chohan, Deusa da Liberdade, Nada e todos os que servem o Raio da Chama Rosa do Amor Divino.

Mestres Ascencionados  do Raio  Rosa , Anjos do  Chama Rosa (3 vezes) vinde, vinde, vinde, projetai e flamejai a Chama Rosa do Amor e Adoração, iluminai com a luz rosa dourada cada parte de meu ser, da minha aura, do meu lar, do meu trabalho e da minha vida; atravessai cada pessoa, cada lugar, cada circunstância e cada coisa que eu me aproximar.

Eu sou Luz!
Descei agora anjos amados do Raio Rosa!
Descei agora, e abro a porta do meu coração, da minha casa, do meu trabalho para o anjo Samuel, e a legião dos anjos do Raio Rosa para nos iluminar, abençoar e proteger com o amor, a harmonia, propseridade e a Paz.

Eu sou abençoada com a luz do amor e tudo que me acontece em minha vida é perfeito. Estou completamente realizada.
Eu mereço o amor de Deus, da vida, dos Anjos do Amor.

O medo, a punição e a violencia.







 O Medo, a Punição e a Violência.
MEDO, PIOR INIMIGO DA ALMA. 

Dharmadhannya

“Onde existe o outro, existe o medo” Upanishad.
“O eu separado dos outros sente que não pode perder seu 
espaço existencial – individual. 

O medo da morte é o medo de perder a “memória” do eu,
 do ego.
 O “eterno retorno”, nos leva ao todo, ao infinito da Totalidade, 
que nos torna Um.

O medo nos isola, e nos mantem apegados aos nossos “bens”,
crenças, valores, idéias, opiniões...,  existe a necessidade de
 proteger o meu território, a minha vida; então, mais distantes estaremos da transcendência, da unidade e da Consciência Transpessoal.


Lá, não existe violencia.
Morte e vida não há. Só a Eternidade.
Lá não existe o eu separado, existe a unidade da totalidade.
Lá, no azul do céu, “A mente clara”, o Vazio está no todo,
 definido como compaixão.
Lá no azul do céu, “A mente clara” se torna o cosmos.
Espaço sagrado... Não há maya...


O medo é um polvo cuja cabeça é o nosso medo de morrer. Todos seus infinitos braços que nos envolvem são gerados a partir deste medo maior - medo da solidão, da fome, de animais, do abandono, do fracasso, de não ser feliz, de não ser amado, de avião...
 O medo nos causa emoções de raiva e angústia, impotência,
 aflição carência, ansiedade e stress.

O medo, filho da violência cresce como um monstro, muitas vezes incontrolável. Ele possui muitas faces, torna-se maior que o ego, transfigura nossos sentimentos em ódio, angústia e depressão.

O medo nos prepara para o ataque, desperta os piores 
sentimentos...

O medo não estará possuído por Tânatos?
O medo nos imobiliza – no tira a coragem de viver e de lutar?

A criança com privações essenciais como: alimento, água
 e calor está sendo abandonada nos braços de Tânatos?

Eros é o desejo de viver, de amor, de troca, união,de prazer no corpo...O medo a violencia, a solidão é o caminho para o isolamento, a depressão, ele entra quando
 a chama da Esperança se apaga. 
A Esperança é a força que move a vida. 

A morte do ego é a nossa volta a totalidade...
A morte do ego é a transcendência, a iluminação e 
a unidade com o divino...

O Tao está além da ilusão.
O Tao está no meio.
O Tao está no azul do céu, na mente clara dos budistas.
O Tao é a harmonia que flui da vida e da morte.

A alma com medo não entra em cena, sua angústia lhe impede
 de ser a estrela da sua própria vida: Pearls da Gestalt disse
 que “toda a angústia é um “stage-fright” – medo de entrar, de comprometer-se, de atuar.”

- Falta ao desejo “a força da paixão”, que mora no peito. 
A força da paixão é o “tesão”, a motivação, entusiasmo, 
tenacidade, obstinação.
Aquele que tem medo, falta coragem, entusiasmo, energia, auto-estima e confiança em Deus e na vida para investir 
em projetos e metas.
O medo escure a luz da fé, apaga a luz da Esperança e fragiliza o "eu', que se torna infantil e frágil.

O guerreiro que luta está possuído pelo entusiasmo que
 está aceso na tocha da vitória.
O medo é gelo no inverno.
A paixão - é o fogo da lenha... 

terça-feira, 18 de julho de 2017

Dez Regras Básicas para Melhor Vida



Dez Regras Básicas para Melhor Vida
por Manly P. Hall

1. Pare de se preocupar

A idéia popular de que um preocupado é um cidadão pensativo e consciencioso é falsa. Os egípcios perceberam isso quando incluíam a preocupação entre os pecados do cardeal. Não confunda a consideração e a preocupação. A pessoa pensativa planeja soluções, mas a preocupação simplesmente se dissolve em sua própria dúvida.

 Se você pensar direito, você terá menos motivos para se preocupar. A preocupação não só sofre o mesmo desastre muitas vezes, mas mina sua saúde e irrita todos os outros com quem ele entra em contato. Há muitas coisas neste mundo que exigem uma consideração pensativa, mas não há realmente nada a temer, mas o medo.

2. Pare de tentar dominar e possuir seus amigos e parentes

Cada um de nós gosta de sentir que ele está executando sua própria vida. No momento em que reconhecemos os direitos dos outros de buscar a vida, a liberdade e a felicidade de acordo com seus próprios sonhos, esperanças e aspirações, começamos a conservar nossos próprios recursos.

 É muito debilitante dar conselhos que são ignorados ou rejeitados e igualmente decepcionantes para tentar possuir e dominar pessoas que imediatamente se ressentem e combater nossas tendências ditatoriais.

 Estamos feridos quando não vêem as coisas do nosso jeito. Se salvarmos conselhos para nós mesmos e para aqueles que nos procuram, e que, portanto, são gratos, todos os interessados ​​serão os melhores.

3. ambição moderada
Existe uma tendência para ignorar bênçãos naturais e simples enquanto mergulhamos em direção a objetivos distantes. Cada indivíduo possui certas capacidades.

 Se ele pode reconhecer suas próprias habilidades e trabalhar com elas, ele pode alcançar a segurança pessoal. Se, no entanto, ele está constantemente procurando o que não é razoavelmente alcançável, ele nunca pode conhecer a felicidade ou o contentamento.

 O homem sábio observa os resultados desastrosos das ambições incontroláveis ​​e escolhe a moderação. Não é necessário ser famoso para ser feliz, nem deve ser o principal cidadão da comunidade, a fim de satisfazer o instinto social. Os ambiciosos geralmente pagam demais pelo que eles conseguem, e são os mais miseráveis ​​depois que eles conseguem.