sábado, 29 de setembro de 2012

TORNANDO-SE QUÂNTICO -Lee Carrol Kryon



Encontrei este texto de Kryon , e achei muito interessante, estou aprofundando o tema magnetismo e a mente,  e acredito que este o caminho indicado por Quiron.

 TORNANDO-SE QUÂNTICO
Uma mensagem de Kryon canalizada por Lee Carroll
Sedona, Arizona, EUA - 13 de junho de 2009

Para ajudar o leitor, esta mensagem foi re-canalizada [por Lee e Kryon] e complementada, para permitir um entendimento mais claro. Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Então aproveite esta mensagem enriquecida, transmitida em Sedona, em junho de 2009.

Saudações, queridos. Eu sou Kryon do Serviço Magnético. Há 20 anos atrás eu disse estas palavras para o meu parceiro. Sabem o que ele me respondeu? “Você vai ter que mudar seu nome. Ele não é um nome fofinho; não parece nada angélico… e quem já ouviu falar em anjo magnético?” Foi isto que ele disse, há 20 anos atrás.

Hoje, enquanto estão sentados neste lugar, vocês entendem finalmente como o magnetismo afeta suas vidas? Faz sentido para vocês que, do outro lado do véu, nós também o saibamos? Faz sentido que estas coisas sejam sincronizadas, que as coisas físicas, as coisas fractais, as coisas da consciência sejam todas relacionadas com o motivo de estarem aqui? Quem sabe se vocês estão aqui para facilitar o componente espiritual dos pontos de escolha?

Agora vocês começaram a ouvir falar sobre isso cientificamente [referindo-se à  pesquisa que Gregg Braden apresentou mais cedo neste mesmo dia]. Para alguns, era o que estavam esperando, pois o mestre magnético não fazia nenhum sentido. Talvez canalizar também não fizesse sentido. O homem sentado na cadeira, eles diriam, estava “fingindo que recebia mensagens de além do véu”.

Vamos fazer uma breve revisão. Se quisessem, poderiam encontrá-la nas primeiras mensagens de 1989 que lhes transmiti. Eu lhes disse que chegaria um tempo em que os lugares onde vocês cultivam suas plantações não mais produziriam plantações. Também lhes disse que os lugares que nunca foram apropriados para plantações passariam a ser. Eu lhes disse isso. Agora vocês estão vivenciando-o!

Falei de uma mudança de consciência, e aqui está ela. E para aqueles que estão se perguntando quando ela irá acontecer, eu digo… vocês a perderam! Ela está ao redor de vocês. É o que vem acontecendo desde os anos 80, e é o que está acontecendo neste ano. Ela está ao seu redor. É um ponto de escolha… um ponto em que a consciência Humana escolhe anular os fractais das energias recorrentes neste planeta.


MAGNETISMO

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A planta do Alto astral – Erva-de-são-joão e o “milagre” do bom sono.





"A planta do Alto astral – Erva-de-são-joão e o  “milagre” do bom sono."

A Erva de São João é excelente para tratar depressões, quadros de nervosismo e inquietação. Tenho experiência pessoal como o Erva de São João, quando tomo ao deitar durmo profundamente e até sonho mais do que o normal.

Desta forma, identifiquei na erva de São João os benefícios de um calmante, sem os inconvenientes que os calmantes alopáticos trazem.

Os médicos estão de olho na erva-de-são-joão.
Não é à toa.  Ela é uma opção natural que parece ser realmente eficaz para tratar indivíduos deprimidos.  (1)

A promessa é mais que tentadora: um tratamento natural capaz de aplacar os sinais leves e moderados da depressão, que arrasa o humor de cerca de 10 milhões de brasileiros.

 Os defensores da erva- de-são-joão (Hypericum perfaratum) se valem de estudos que comprovam os seus benefícios. Além disso, suspeita-se que a plantinha tenha menos efeitos colaterais do que drogas consagradas, como o famoso Prozac, o que ainda não foi comprovado.

Enquanto isso, ouvem-se histórias de gente que tomou as cápsulas da erva e, depois de algumas semanas, saiu espalhando para os amigos que o desânimo, a apatia e a angústia haviam desaparecido.

Não faz muito tempo que as atenções da ciência voltaram-se para as propriedades da erva-de-são-joão, planta natural da Europa, da Asia e do Norte da África que também é chamada de hipérico. Todos querem uma alternativa mais simples — e barata—para os antidepressivos tradicionais. Tome a quantidade indicada pelo seu médico.

Neste exato momento deve existir mais de 20 milhões de brasileiros deprimidos.

Utilizada durante séculos pela medicina popular como cicatrizante e antiinflamatório, a erva-de-são-joão ganhou súbita fama no meio científico quando pesquisadores alemães publicaram os primeiros estudos sobre as suas propriedades antidepressivas há três anos.

 Segundo uma pesquisa, da Universidade Ludwig-Maximilian, em Munique, 55% dos deprimidos melhoraram depois de tomar cápsulas da planta.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Invocação aos anjos do Raio Rosa


                                    

                                                                              

Invocação aos anjos do Raio  Rosa -    

A ordem de Melquisedeque  governa o céu do Brasil

A luzes no céu estão iluminando o nosso coração,
os portais doTerceiro Raio Rosa estão abertos.
O Espírito Santo será nosso guia. 
Estamos convidando a todos para o
encontro com o Espírito Santo em seu coração,
 em sua casa, em nosso grupo.
Seja Feita a Vontade de Deus.
Amem!

Os anjos cantam para a nossa felicidade.
 Amem! 


ELOHIN ÓRION! Adonay!


Invocação aos  anjos do Raio Rosa.
Eu Sou  Radiante e um  Ser de Luz e Amor.

 Que os luminosos Serafins numa fileira ardente,
soprem no alto suas sonoras trombetas Angelicais;
que a hoste dos Querubins, num coro de melodias,
toque suas harpas imortais com fios dourados;
Que seus concertos celestiais de anjos se unam,
Para louvá-los para sempre numa eterna alvorada de luz.

 
Nós invocamos os anjos do Raio Rosa para que possam descer do Grande Sol Central, aqui e agora.

Que seus concertos celestiais se unam,
para cantar no coro da Paz em nosso coração.


Os anjos estão vindo do norte, sul, oeste e leste
 para imprimir  a energia de Suas presenças
aos nossos  apelos.
Concede-me a graça que
tanto necessito.

Agora, o Divino Espírito Santo está abençoando nossa
 casa, em nosso trabalho, onde for necessário...,
 com  uma legião de anjos do Raio Rosa,
 emanando a luz rosa-dourado do Verdadeiro
 Amor de Deus que purifica e nos abençoa.

Divino Consolador,
Divino Espírito Santo!
Divina Graça da Mãe e Divina
Seja Feita a Vontade de Deus.

"Está em teu poder, no tempo, e no espaço fazer
a re-ligação do Pai e do Filho.

Signo Libra Esoterico, raios e Iniciação





Signo de Libra. Esotérico Alan Oken


"Escolho o caminho que conduz atravéz de duas grandes linhas de força"


A Luz que se movimenta para o repouso.
Essa é a luz que oscila até que seja atingido um ponto de equilíbrio.
É a luz que se distingue por um movimento ascendente e descendente.

Raio de Manifestação:
 Terceiro Raio: Inteligência Ativa
- Signos: Câncer, Libra, Capricórnio.
- Planetas: Terra e Saturno.

 Sétimo Raio. Raio da Ordem Cerimonial e da Magia.
- Signos: Áries, Câncer, Capricórnio.
- Planeta: Urano.

Regentes planetário  e seus  Raios:
Na personalidade: Venus Quinto Raio.

Na Alma: Urano - Sétimo Raio.

A tendência de Libra a não se comprometer e ser bastante indiferente - o que na superfície mostra uma ausência de paixão, uma imparcialidade e uma atitude de "tudo esta o.k. comigo" - pode ser muito desconcertante para uma pessoa de natureza mais marcial. Experimente esse comportamento muitas vezes com um parceiro Áries ou Escorpião regido por Marte, e veja que guerra resulta disso!

Quando Marte também esta em Libra, a pessoa de Balança tende a tocar os pratos da balança com as pontas dos dedos. É seguro que, se Marte e o Sol estiverem conjuntos nesse signo, "eu" não vou gostar do que quer que "você" possa gostar.

 "Eu" também me certificarei de atrair para a minha vida alguém com quem haverá uma divergência tão grande que "eu" sempre estarei de urn lado ou de outro, em toda a disputa. Para Libra, esses confrontos da personalidade continuam (Marte não obstante) ate que seja alcançada a paz final pelo casamento com o Eu Superior.

Da perspectiva da Alma, Libra representa uma pausa, um interlúdio, um local de avaliação, um ponto de contemplação, um hiato entre duas atividades. Pessoas centrando-se na Alma e encarnando em Libra podem ter esse "hiato kármico" enquanto se preparam para o grande conflito que as espera (e, quanto a isso, a qualquer outro) em Escorpião.

 Libra fornece a experiência da gangorra, que pode ser muito confusa tanto para o libriano quanto para os que possam estar relacionados com ele. Isso consiste no ritmo dual de uma pessoa que percebeu algo muito mais profundo do que os aspectos materiais da forma da vida.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Verminoses - inimigos íntimos.




Verminoses - inimigos íntimos.

Protega a criança...
O perigo mora dentro do corpo. Alerta...
o seu corpo pode estar habitado por centenas ou até milhares de vermes. alguns deles são capazes de precipitar o diabete, e o câncer de fígado.
Por Tita Montenegro Revista Saúde! é vital

Os enormes e incontáveis morros, com suas ruelas de chão batido e esgoto descendo morro abaixo sem nenhuma cerimônia, formam um ambiente extremamente adequado à proliferação dos mais variados tipos de vermes.

 São lombrigas, schistosomas (veja o quadro abaixo), solitárias, ancilostornídeos e muitos outros bichos que se instalam no intestino.

Ali, competem com o próprio organismo por nutrientes. Mas, às vezes, preferem atacar outros cantos do corpo. No pâncreas, o estrago causado por esses hóspedes costuma causar diabete. No fígado, a presença de vermes facilita o desenvolvimento de tumores.

Apesar de as verminoses serem mais comuns onde a higiene é precária (e isso, bem entendido, não é exclusividade dos morros ), elas não se restringem às classes sociais menos favorecidas.

Um exemplo disso é a dona de casa, de 43 anos, uma paulista que mora há sete anos no Rio de Janeiro. É no seu confortável apartamento no bairro da Lagoa, na zona sul da cidade, que ela ainda se recupera de uma experiência que adoraria esquecer: uma poderosa infestação por vários tipos de vermes ao mesmo tempo.

Os sinais começaram a aparecer há uns cinco anos. “Eu sentia um cansaço muito forte, estava com a imunidade baixa e com alterações digestivas — às vezes ficava com o intestino preso e, em outras ocasiões, com diarréia”, lembra-se Lucy. Procurou sete médicos de diversas especialidades. E nada. “Ouvi os mais variados diagnósticos e ninguém acertou. Também fiz muitos exames, até uma ressonância magnética.”

Coleção de bichinhos
No ano passado a dona de casa ficou com a saúde ainda pior. “Em poucos meses, cheguei a perder 5 quilos”, diz. Em setembro, uma viagem à Europa mudou o rumo dessa história. Na bagagem, além das roupas, Lucy levou um livro recém-comprado: Almanaque de Bichos Que Dão em Gente, da jornalista carioca Sônia Hirsch ).

“Li durante as férias e, ao voltar, comecei a juntar as peças do quebra-cabeça”, ela conta. Não deu outra. Quando se submeteu a um acurado exame de fezes, nada menos que cinco vermes deram as caras: lombrigas (veja no quadro acima), solitárias, ancilostomídios, amebas e giárdias. “Era uma verdadeira coleção”, afirma Lucy inda espantada com a descoberta. 

Schistosoma mansoni
• No Brasil, provoca a esquistossomose
• Os sinais da doença incluem mal-estar, tosse, dores musculares e abdominais, fraqueza generalizada e inflamação no fígado.
• A infestação acontece através da pele ou da mucosa da boca, quando alguém bebe ou tem contato com água contaminada.

domingo, 23 de setembro de 2012

A mente - seu computador pessoal



                                                           

"COMO HARMONIZAR COM A INFINITA
ENERGIA CÓSMICA DA CURA e LIBERAÇÃO"
 Postado por Dharmadhannyael 
Escrevi meus comentários com a letra azul.

COMPREENSÃO DO SEU COMPUTADOR PESSOAL


A mente tem um lugar iluminado de luz que representa o Sagrado, o Divino de todas as religiões de todos os tempos.



Deus é Um e tem muitas faces,  e cada povo encontra o seu Deus da sua maneira, no seu tempo, em sua mente.

A sua natureza é Divina. Esta revelação relativa a identidade do indivíduo com o divino é segredo supremo que se encontra no cerne de todas as grandes tradições espirituais, embora possa ser expresso de formas diferentes.

O mentalista, o Mago, o homem religioso de todas as religiões quando ora, invoca, com a vontade firme "abre a porta" da consciencia do Divino.

A magia está na concentração, criatividade, imaginação , no foco e na fé.
somos portanto, coletiva e individualmente, tanto dramaturgos quanto atores neste teatro cósmico.

"Nosso universo, que parece conter incontáveis miríades de entidades e elementos separados, é em sua natureza mais profunda um só ser de imensa proporções e complexidade inimaginável."

Em qualquer templo - Deus está quando o homem acredita no milagre.


Já tentou usar um computador sem utilizar um programa? Um computador é extremamente rápido e poderoso, mas, a menos que tenha uma série de instruções chamada “programa”, é praticamente inútil.

 Sua Mente Subconsciente se parece muito com um programa de computador. Ela dirige virtualmente tudo em sua vida — emoções, hábitos, relacionamentos, saúde, condição financeira, sistema de crença etc.

 Cerca de noventa por cento de sua vida mental é subconsciente. A Mente Subconsciente trabalha 24 horas por dia. E desde o momento em que você nasce até o instante presente ela tem aceitado e estocado uma quantidade enorme de informações, de maneira muito semelhante a um programa de computador.

Cada palavra que diz, cada pensamento que tem, cada desejo que sente põe em movimento algumas vibrações. Estas vibrações são sentidas por sua intuição.

Quando você discrimina, tem preconceitos, julga, tem raiva, ódio, inveja, desejo de destruir; é intrigante, mentiroso, arrogante, e muito reativo você abaixa suas vibrações porque você está separado da Unidade. A harmonia é a chave, muitas vezes discordamos, mas não podemos perder nossa harmonia interior com a Unidade.

 Usando sua intuição, você pode comandar a Energia da Cura e Liberação Cósmica para desenvolver sua percepção, e as vibrações que se irradiam do seu ser podem acalmar águas revoltas em sua vida.

A intuição é a luz da Alma, do Espírito que nos ilumina e orienta. AO Espírito vibra no tom da harmonia da Graça da Unidade.

sábado, 22 de setembro de 2012

Educação contra a violência e a barbárie




"Educação contra a violência e a  barbárie"

A educação deveria suscitar a crítica à ideologia vigente, voltando-se para as contradições sociais, sendo sobretudo uma educação política
Por José Leon Crochik
 Resumo 

Theodor W. Adorno escreveu sobre a educação escolar a partir do final de 1950...

Em um de seus textos mais conhecidos — Educação após Auschwitz —,  Adorno defendeu que nenhum princípio é mais importante para a educação do que evitar novos genocídios, e que se os educadores não tiverem consciência disso, novas tragédias iriam ocorrer; e, como podemos constatar, não deixaram de ocorrer nas últimas décadas. 

A FORMAÇÃO DO INDIVÍDUO EM NOSSA SOCIEDADE TEM EM SUA BASE O MEDO SUSCITADO POR AMEAÇAS SOCIAIS

Na busca do entendimento da questão enunciada, Horkheimer e Adorno, em sua obra conjuntas  — Dialética do esclarecimento —, deram ênfase à história da civilização, indicando que a violência existente no fascismo é componente presente no movimento do esclarecimento, que tem como objetivos livrar o homem do medo e tomá-lo senhor.

 Os autores mostraram que as diversas formas de esclarecimento — magia, mito, religião, filosofia, ciência —, se pretendiam enfrentar os perigos existentes e, assim, permitir a sobrevivência do homem, o fizeram, ainda que de maneiras distintas, sob a forma de dominação, que se tornou uma segunda natureza humana.

  Em outras palavras, para sobreviver, o homem teve de dominar a natureza que o ameaçava, mas, como ele também é natureza, a dominação foi estendida a si próprio e aos outros homens.

Na sociedade moderna, a necessidade da dominação continua a existir; agora, porém, sem o perigo enfrentado pelos nossos ancestrais, toma-se anacrônica, e, no entanto, é preservada.

 Se assim é, o que a move ainda é o medo. A formação do indivíduo em nossa sociedade tem em sua base o medo; antes reação à ameaça das forças da natureza, na civilização avançada, esse medo é suscitado por ameaças sociais, que se puseram no lugar daquelas forças, e obrigam os indivíduos  atuar comforme o esperado.

Theodor W. Adorno escreveu a respeito da educação escolar sua preocupação com a formação do indivíduo, contudo, percorre sua obra. Ele defendeu que a educação deveria suscitar a crítica à ideologia vigente; criticou a violência simbólica, mas sem esquecer de criticar a sua base material. Pensou a educação escolar como instituição necessária ao combate à violência; como formadora de indivíduos autônomos, democráticos e emancipados, sem desconsiderar os limites desta sociedade.

Na educação escolar atual, a racionalidade técnica, que criticou, está presente no pensamento administrativo, que aproxima a escola de um empreendimento comercial, e no pensamento burocrático, que facilita a educação em massa; está presente também na organização dos espaços e dos tempos escolares, na organização das disciplinas e na de conteúdos, na parafernália tecnológica, que auxilia o aprimoramento da didática, destinada a tornar o aprendizado mais fácil e mais agradável, retirando-lhe conteúdo, seu caráter formador.

Depressão valoriza o passado, presente ameaça...




Meus pensamentos tem poder magnético, o aqui e o agora nos libera para o presente que realiza...

"Depressão valoriza o passado, presente ameaça..."

“A característica do homem deprimido é se prender ao passado, como algo bom que ele não pode resgatar, ver o presente como algo ameaçador e um futuro sem esperança.

 São os três pensamentos básicos, a chamada tríade cognitiva da depressão: valorizar o passado, enxergar o presente como algo ameaçador e um futuro sem esperança. o indivíduo está, então, preso.

A gente é aquilo que a gente pensa ser. Isso está provado. Nossos pensamentos modificam sentimentos e comportamentos. A medida que o deprimido vê as soluções só no passado, ele diz para seu cérebro que não adianta lhe dar neurotransmissores importantes.

 Estou dando uma mensagem cerebral de que não adianta dar hormônios de qualidade, serotonina, porque não tem solução.  O cérebro atua de acordo com o que a gente está pensando. São reações. Se eu acho que tem alguém com na faca no meio da sala, produzo adrenalina.

Na depressão, penso que não tem saída e paraliso. E a desesperança profunda”.
ESPECIALISTA – Carlos Eduardo Goulart Brito
Psicoterapeuta cognitivo comportamental.
Jornal o Extra – 21.11.2012 Sos,  historias da solidão.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Educação Infantil - oriental e ocidental - socialização






Educação  Infantil - oriental e ocidental  -  socialização

As crianças asiáticas são menos prejudicadas pelo que o psicólogo Guntrip considera a praga emocional da civilização moderna: um ego fraco, que não tem confiança em si mesmo nem na própria capacidade.

Os povoados e famílias estendidas da Índia ou do Tibete tradicionais parecem haver criado egos mais fortes, não engendrou a grande cisão entre o corpo e a mente que nós, ocidentais, conhecemos tão bem; menos debilitados por divisões internas — entre corpo e mente, individual e social, pais e filhos, ego fraco e superego punitivo —, características do indivíduo moderno.

 Na cultura asiática, os “andares superiores” do desenvolvimento espiritual podiam ser construídos sobre um “térreo” mais estável e coeso.

Os métodos de criação de filhos nas culturas asiáticas em geral estão longe de serem ideais, mas acabaram se revelando de certa forma mais saudáveis do que no Ocidente moderno.

 De forma geral, as mães asiáticas oferecem a seus filhos um vínculo forte e precoce. As crianças indianas e tibetanas, por exemplo, permanecem continuamente no colo, e muitas vezes compartilham da cama dos pais durante os primeiros dois ou três anos.

 Alan Roland, psicanalista que passou muitos anos estudando as diferenças culturais entre Oriente e Ocidente no que toca ao desenvolvimento do eu, descreve os métodos indianos de criar filhos:

Ocorre um intenso e prolongado envolvimento com a criança durante os primeiros quatro ou cinco anos de vida, inclusive uma espécie de adoração pela criança, até o ponto de tratá-la  como se fosse divina, o que desenvolve uma profunda sensação de bem-estar nesta criança.

 As mães, avós, tias, empregadas, irmãs mais velhas e primas tomam parte neste espelhamento prolongado, que incorpora sentimentos intensos de auto-estima.

O método de criação dos filhos utilizado na Índia, juntamente com a estruturação interior de uma grande auto-estima, são psicologicamente congruentes com o conceito hindu de que a Alma individual é um pedaço de Deus (atman-brahman).

 A profunda sensação de auto-estima e a premissa de que a pessoa pode se esforçar para se tornar semelhante a Deus estão interligados. Isto se opõe à premissa cristã ocidental do pecado original.

De acordo com Roland, esta qualidade nutritiva da família estendida indiana ajuda a criança a desenvolver uma estrutura de ego cujos limites são “em geral mais flexíveis e mais permeáveis do que os da maioria dos ocidentais” e “menos claramente demarcados”.

Ao crescer em famílias estendidas, as crianças asiáticas também são expostas a uma variedade de modelos e fontes de nutrição, mesmo que o pai e a mãe não estejam sempre disponíveis. Os povoados rurais tibetanos, por exemplo, costumavam considerar as crianças como pertencendo a todos e sendo de responsabilidade dc todos.

FORÇA MENTAL e Consciência





          A Força Mental é uma irradiação da Centelha.
No Homem, ela se manifesta através do pensamento, das idéias, da inspiração, da intuição etc.
          Desde a partícula mais ínfima ao próprio Universo, todos a possuem em intensidade e amplitude diversas.

          Ela se confunde com a Energia que movimenta, por isso, é também chamada de Energia Mental.

          É extremamente poderosa, sutil e eficiente e atua com muita desenvoltura no Espírito (Corpos Espirituais), que, por isso, também é denominado de Corpo Mental.

          A Força Mental não está sujeita ao tempo nem ao espaço, logo, é instantaneamente projetada em qualquer local.

          Ela pode projetar-se para o futuro ou passado, mas o normal é projetar-se no presente.

          Quando bem controlada, pode ser projetada para qualquer ponto do espaço e a qualquer época.
          A maioria dos terráqueos ainda não possui esse controle mental do espaço-tempo.

          Há, entretanto, na Terra, algumas pessoas que captam, imprecisamente, imagens do passado e do futuro.
          As imagens do passado podem ser acessadas, mas as do futuro são censuradas pelo Eu Superior.

          O homem usa pouco a sua Força Mental para movimentar matéria de frequência vibratória mais alta como a do Plano Espiritual, e utiliza-se mais das relacionados com o Plano Astral (4ª dimensão para baixo) e Plasma Material, mais densas e mais fáceis de serem manipuladas.

          Com o domínio da Força Mental, a matéria deixa de ter as barreiras impostas pelo tempo e espaço.
          Mesmo os seres da 16ª bio-dimensão não possuem o seu controle total. Somente os seres que vivem acima dessa dimensão é que gradualmente têm o pleno domínio da Força Mental, de acordo com o nível evolutivo que alcançaram.

           Para dominar um bilionésimo ou, em raras exceções, um milionésimo das potencialidades da Força Mental no Plano Material é preciso ter o controle do átomo, da cinética atômica e a consciência do processo energético orbital.

          Pode parecer pouco se utilizar um bilionésimo da Força Mental, mas é o bastante para se transmutar 1 kg de uma Energia qualquer, o suficiente para movimentar um corpo de 600 kg com parcial domínio da gravidade e o necessário para materializar 800 a 900 gramas por hora de uma determinada matéria.

          Os tátions são partículas presas aos sistemas orbitais do Universo.
          Os látions são partículas de tátion e podem se movimentar livremente, pois estão apenas associados aos átomos que são mais maleáveis.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

A paixão e o amor inteligente- -Mentes que se conhecem






 "A paixão e o amor inteligente - Mentes que se conhecem" 

"Os que são destituídos de amor perdoam pouco mas julgam muito; são frágeis para abraçar, mas fortes em excluir; são lentos em se doai mas velozes em dar as costas. São, portanto, ótimos par conviver com máquinas, mas péssimos para se relacionar com seres humanos. E, como seres humano ainda que não saibam, clamam pelo amor como sedento que, em terra seca, procura por água, mas desconhece sua fonte.

Quem não desenvolve o amor inteligente, não educa o seu “eu” para ser gestor da sua mente, tem medo de assumir sua insensatez e de reconhece seus conflitos. Nega que está doente, nega que é um ser humano. Pune-se quando erra, tem a necessidade neurótica de estar sempre certo. 

O amor inteligente fundamenta a saúde psíquica amplia os horizontes intelectuais, liberta o imaginário, promove a arte de se interiorizar, refina capacidade de observar. Quem ama constrói janelas lights nos solos conscientes e inconscientes da sua memória, que iluminam o “eu” como autor da história, realçam o princípio do prazer, alicerçam a auto estima, cristalizam a relação consigo mesmo e com os outros.
O amor inteligente díscursado pelo Mestre dos mestres.

O amor inteligente é concreto, estratégico, influenciador, relaxante e regado à generosidade. Esse amor foi propagandeado em prosa e verso pelo homem que mudou a história. “Amar o próximo como a ti mesmo” reflete a excelência do amor, um amor que ultrapassa os limites da religiosidade e entra nos terrenos mais sólidos da psiquiatria, psicologia, sociologia, filosofia e pedagogia. O Mestre dos mestres parecia aos brados expressar:

“Quem não tiver um caso de amor consigo, jamais amará profundamente as pessoas com as quais se relaciona.
Quem é autopunitivo, não será tolerante com os outros.

Quem cobra demasiadamente de si, será superexigente com os outros.
Quem é uma máquina de trabalhar, não respeita seus finais de semana e nem sua cama, será um propagador de ansiedade, dificilmente ensinará quem ama a relaxar.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

bolero de ravel


Paco de Lucía Concierto de Aranjuez


Cabala- Teogonia - Infinito






Teogonia

Quando meditamos sobre o Início,  Teogonia , sobre o Verbo, Infinito... estamos "falando a língua da Mônada, do Espírito Santo, e nosso Pensamento atrai a nossa atmosfera a Luz da Sabedoria da Unidade, da Centelha viva no coração do Sol Espiritual.

A Teogonia - Cabala
Patrick Paul

1 No início era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus, e o Verbo era Deus.
2 Ele estava no princípio junto de Deus.
3 Tudo foi feito por intermédio dele e sem ele nada do que foi feito se fez.
4 Nele estava a vida e a vida era a luz dos homens.
5 A luz resplandece nas trevas e as trevas não a compreenderam. (Evangelho de São João. Prólogo 1-5) 1 

Deus, ao mesmo tempo Primeiro Ser e Não-Ser, não pode definir-se em si mesmo, não pode significar-se, exceto através de sua ação emanadora, o Verbo. Pois em si Deus é Vacuidade, Nada (neant).3

Todavia, é preciso definir estes dois termos. Eles fazem referência ao primeiro véu da Existência Negativa da tradição cabalista, chamado Ain, que pode ser traduzido por Nada (rien), Zero.4

Esse primeiro véu corresponderá ao “retiro” do Divino, que permitirá o surgimento de um Vazio criador.5

Esse Zero absoluto pode ser apreendido através de seu primeiro princípio ativo, o Verbo: “No início ele [o Verbo] estava junto de Deus. Tudo foi feito por intermédio dele e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida...” (João 1:1-4).

Conforme enunciado nesta passagem, o Verbo corresponde ao segundo véu da Existência Negativa, chamado Ain Sof normalmente traduzido por Infinito ou Ilimitado, que é associado a um desejo de vida e ser.

Esse desejo de vida pede, por sua vez, um atributo ou objeto de emanação que lhe permita revestir-se e tomar-se reconhecível para si mesmo: “e a vida era a luz dos homens”, diz o Prólogo do Evangelho de São João na sequência.

Essa Luz faz referência ao terceiro véu da Existência Negativa, Ain Sof Aur que significa precisamente Luz.6 Porém, é preciso destacar que como trata-se de um campo incriado — que precede a manifestação Divina —, a palavra luz refere-se, aqui, a uma pura Luz original, não-dual, de certo modo potencial. Essa Luz original é a primeira resistência à primeira atividade do Verbo, de maneira que ela ao mesmo tempo vela e revela a Divindade. (Fig. 1)
FIGURA 1

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Consciência Cósmica


                                                                   

Consciência Cósmica.
Postado por DharmadhannyaEL
Eu e Pai somos UM-a só consciência.
Quando você compreende e sente o pulsar da centelha, do Espírito em seu coração, você sente que Ele é a sua Consciência Cósmica

"Vivo em Todos os Seres"
Desde que te encontrei em mim, Senhor, Desde que me encontrei em ti, Encontro-me em todas as creaturas, Que em ti estão
E nas quais estás...

Encontro-me em pedras e metais,
Em plantas e insetos,
Em animais e aves.

Encontro-me no fulgor do relâmpago
E nas fosforescências do pirilampo.
Encontro-me no bramir da procela,
E no silêncio das noites estreladas.

Encontro-me em alvejantes berços sorridentes de vida,
E em negros ataúdes marejados de lágrimas. .
Desde esse dia ditoso
Do meu encontro em ti,
Do teu encontro em mim,
Eu sinto em mim o latejar da vida universal,
Que palpita em todas as creaturas. 

E é por isto que eu gozo com todos os gozadores,
E sofro com todos os sofredores.
Gozo e sofro em mim
A alma de todos os seres.

Outrora, quando eu conhecia apenas
O meu pequeno ego separado,
Gozava e sofria apenas as alegrias e dores
Do meu ego personal.

Mas, desde que descobri o meu grande Eu indiviso,
Expandiu-se o meu ser,
Até aos confins do universo,
Alargou-se a minha consciência
Por todas as latitudes e longitudes,
Por todas as altitudes e profundidades
Do teu cosmos..

Transbordou a minha vida,
Em exuberante plenitude,
E entrou em contato com todas as vidas
Do mundo de Deus,
Centelhas do Deus do mundo.

É tão estranha essa solidariedade cósmica,
Que eu sinto em mim,
Essa vivência universal,
Oue vive em mim,
Essa profunda imanência de todos os objetos,
Dentro do meu sujeito,
Que eu pareço ser os objetos,
E os objetos parecem ser eu.

E, ao latejar dessa afinidade universal,
Trava-se entre nós,
Entre o sujeito e os objetos,
Silencioso diálogo
De íntima compreensão.
O parentesco da grande família de Deus,

() pulsar do mesmo sangue divino
Através de todas as artérias da creação.
E, de mãos dadas
E almas sintonizadas,
Cantamos a nosso Deus
O aleluia da nossa alegria,
O hosana da nossa felicidade."Huberto Rohden